24 de out de 2009

Verdadeiras funções das bicicletas ergométricas



[na imagem estão as indicações numéricas]
1 - Porta casacos;
2 - Suporte, guarda-chapéus e/ou roupas sujas;
3 - Obstáculo para acidentes noturnos;
4 - Obstáculo encravador de unha do dedão do pé.

16 de out de 2009

Ótimo Final de Semana!

Menino muda de sexo aos oito anos nos Estados Unidos


Família diz que, desde que aprendeu a falar, a criança dizia que era uma menina
REDAÇÃO ÉPOCA
Divulgação/National Geographic
NA TV
A história de Josie virou documentários com exibição nos Estados Unidos e na Inglaterra
Josie Romero é uma menina de oito anos. Josie já foi Joey, um menino. A história sobre a mudança de sexo e de como isso foi enfrentado pela família da criança, nos Estados Unidos, é tema de um documentário que será transmitido na semana que vem no canal Channel 4, na Inglaterra. Os relatos também estão nos sites dos jornais britânicos (Telegraph,Daily MailThe Sun) nesta quinta-feira (15) e foram contados no documentário "Sex, lies, and gender", no canal National Geographic, em setembro.
A mãe de Josie, Venessia, diz que, desde que a filha começou a falar, sempre afirmava: "Eu sou uma menina". Os pais a corrigiam: "Não, você é um menino". Josie, à época Joey, insistia em tentar transformar seus brinquedos de garotos em brinquedos de menina. A mãe afirma que a brincadeira preferida da filha era enrolar seus cachecóis na cintura e fingir que eram saias.
A família viveu até o ano passado no Japão. O pai de Josie, Joseph Romero, é engenheiro das Forças Armadas americanas. Quando Josie tinha quatro anos, os Romeros adotaram uma menina chinesa de dois. Os pais temeram que a filha mais velha ficasse com ciúmes, mas dizem que ela gostou muito da chegada de Jade. As duas brincavam como duas garotas. 
Venessa afirma que, no início, achava que tinha um filho homossexual. Porém, depois se deu conta que era uma criança transexual. Ela conta que começou a comprar roupas de menino e de menina e deixar o guarda-roupa dividido com as duas opções. Josie sempre optava pelas vestimentas femininas.
Na base militar em que a família morava e as crianças iam à escola, Joseph diz que o preconceito era grande. Ele mesmo afirma que foi difícil aceitar que seu filho era uma menina. Segundo Joseph, o primeiro sentimento que teve foi de que havia perdido seu filho. Depois, percebeu havia ganhado uma filha. 
 Divulgação  / National Geographic
AS IRMÃS
Josie (ao centro) e sua irmã adotiva, Jade, dois anos mais nova
Os Romeros voltaram para os Estados Unidos no ano passado. Josie recebe atendimento médico e psicológico. Ela tomará medicamentos para evitar a puberdade masculina. Quando completar 12 anos, deve ingerir hormônios femininos. A mãe diz que Josie já sabe que terá de passar por uma cirurgia de mudança de sexo quando for adulta. No Arizona, onde vivem, Josie participa de grupos de apoio para famílias de transexuais, incluindo crianças. Ela conta sua história. Venessa diz que a filha é muito feliz por poder compartilhar a sua experiência, para ajudar outros pais e filhos que passam pela mesma situação.
No ano passado, todos os documentos de Josie foram alterados. Ela é considerada, legalmente, uma pessoa do sexo feminino.

15 de out de 2009

Camisinha que morde é a nova arma das mulheres!


antiestupro450_18a969831be65e38349c71ec9270b112
A África do Sul tem índices nada agradáveis de violência sexual e, por causa disso, Sonette Ehlers inventou uma arma contra estupro – a camisinha feminina chamada Rape-aXe. Sonette é sul-africana e trabalha com vítimas de violência há bastante tempo. A idéia de criar algo assim surgiu quando ela ouviu uma vítima dizer: “bem que eu queria ter dentes lá embaixo”.
A idéia de haver dentes num lugar tão inesperado é aterrorizando a qualquer homem e, segundo a sua inventora, a simples visão do mecanismo já inibe a ação de estupradores. Ela conta que um diretor de polícia disse a ela que, depois de uma apresentação do produto, eles ficaram três meses sem registrar nenhuma queixa de violência contra mulher.
A camisinha é cheia de farpas que ficam na parte interna e, depois que ela morde, só solta com ajuda médica. Daí, além do desconforto de ter suas partes pudentas perfuradas, o homem também vai ter que conviver pra sempre com o estigma de estuprador.

10 de out de 2009

Bebês Doçinhos


São lindos e feitos de açúcar!  São docinhos de festa em formato de bebês!

image005

3 de out de 2009

As Novas Modalidades Olímpicas para 2016


A  cidade do Rio de Janeiro foi eleita a sede dos jogos olímpicos de 2016. Junto com a cidade também foram eleitas as novas modalidades que estarão nos jogos de 2016…

olimpiadas-brasil

Como você dorme com seu parceiro(a)?


Esperimente!



Papel Higiênico Auto-Limpante